Cuba – Varadero HD

1 – Local e morada do tratamento: Calle 27# 114 entre 1AAvenida Varadero Matanzas Cuba. Tel: +381 11 4300350 2 – Como marcar: Quando pesquisei sobre hemodiálise em Cuba encontrei apenas um site: Latitud Cuba. É uma agência que trabalha com turismo e com questões de saúde no caso deRead more >

HD Bahamas – Nassau (EN)

1 – Clinic address: At The Medical Pavilion Bahamas – 72 Collins Avenue – P.O BOX N-4296 Nassau – Tel: (242)502-9688 2 – How to book: You can book through your regular clinic or via email: info@thedialisyscentrebahamas.com 3 – How to get there: The best option for me was byRead more >

Travelling and hemodialysis… (EN)

We never said this would be a simple process. Since we started traveling, two years before this project and soon after starting treatments, we noticed something was missing: information! This became one of our missions with the all aboard project: What can a dialysis Patient do when travelling? What type of hemodialysis will I find, and what do I needto travel?Read more >

Bahamas – Nassau HD

1 – Local e morada do tratamento: At The Medical Pavilion Bahamas – 72 Collins Avenue – P.O BOX N-4296 Nassau – Tel: (242)502-9688 2 – Como marcar: Podem marcar através da vossa clínica ou através do email: info@thedialisyscentrebahamas.com 3 – Como chegar: Para mim, a melhor opção foi através deRead more >

Hemodiálise e viajar…

Nunca dissemos que o processo seria simples. Desde que começámos a viajar, dois anos antes deste projeto e logo a seguir ao início aos tratamentos, que percebemos de uma lacuna que existia: a informação! Esta tornou-se então uma das nossas missões no projeto all aboard, mas como é que fazemosRead more >

Filipe and kidney failure… (EN)

I write to you today with the same open heart as I wrote three weeks ago talking about the loss of Francisco. It seems its becoming “normal” to share with all of you such intimate details of our lives… so “ours”. Before I begin, please don’t look at us asRead more >

O Filipe e a insuficiência renal…

Escrevo-vos com o mesmo coração aberto com que vos escrevi há três semanas a falar da perda do Francisco. Parece que se está a tornar “normal” partilhar convosco coisas tão nossas. Antes de começar: por favor, não olhem para nós como a família onde tudo acontece porque cada um deRead more >