Alemanha, Frankfurt – Informações úteis

Fomos sem expetativas nenhumas. Comprámos os voos na Ryanair por estarem baratos (20€ ida e volta) e no fim, quem já lá tinha estado, dizia-nos que não íamos gostar por ser uma cidade sem muito para fazer. Cometemos alguns enganos mas, no final de tudo, adorámos visitar Frankfurt. Seguem então as informações úteis desta cidade:

Como chegar?

Voámos de Lisboa, terminal 2, para Frankfurt pela Ryanair. Frankfurt tem dois aeroportos: o Flughafen Frankfurt am Main, a 14km do centro da cidade e o  Frankfurt-Hahn, bem mais pequeno e para onde os voos são mais baratos tendo em conta que, maioritariamente, as companhias que operam para este, último são low-cost. O aeroporto de Frankfurt-Hahn fica a 125km de distância do centro.

 

Como chegar até ao centro?

Tendo em conta que ficámos no aeroporto mais afastado e a logística com um bebé seria mais chata até chegar ao hotel, optámos por alugar carro. É a segunda vez que alugamos e é sempre uma chatice por causa dos valores de caução. Conseguem alugar um carro por cerca de 35€ por dia fora os seguros que depois queiram, ou não, adicionar. Saibam mais acerca deste tema aqui. A gasolina está a cerca de 1,58€/litro.

Caso optem por ir de transportes públicos, conseguem fazê-lo apenas através de autocarro e são cerca de 2h até ao centro. Pagam 16€ por pessoa se comprarem através do site www.flibco.com ou 19€ se comprarem o bilhete diretamente ao motorista.

Onde ficar?

Aconselhamos a ficar na Região do Centro Histórico, Römerberg. Römerberg é quase como recuar no tempo. Casinhas pequenas e super acolhedoras agora decoradas com enfeites de Natal. É onde fica um dos principais mercados de Natal e muito tranquila durante a noite. Nós ficamos Moxy Frankfurt City-Center e adorámos. É uma das cadeias de hotéis com que mais no identificamos por todo o conceito e conforto. Fica perto de Römerberg e fica ao lado outro mercado de Natal. Aqui podem-se encontrar também vários restaurantes, cafés e um centro de comercial enorme.

 

 

 

Como andar pela cidade:

Nós alugámos carro e foi apenas o que usámos. A cidade também se faz bastante bem a pé ou até mesmo de bicicleta. Podem também optar por comprar o FrankfurtCard que, além de oferecer descontos nas principais atrações da cidade, pode também ser usado nos transportes públicos. O valor individual para 1 dia é de 10,50€ ou 22€ para grupos até 5 pessoas. Para dois dias os valores são €15,50 e 32€ respetivamente. Podem saber todos os pormenores neste site.

Quando ir?

Se quiserem aproveitar a cidade fantasiada de Natal o ideal será visitar o site do turismo de Frankfurt e ver as datas de início dos mercados. Nós não fomos com esse intuito e acabámos por não ter nem a cidade como ela é, nem os mercados de natal. As barraquinhas já estavam montadas mas o mercado só começou no dia em que regressámos a Lisboa, dia 26 de Novembro. Estiveram, em média, cerca de 4ºC. Se gostam viajar sem frio a melhor altura vai de Maio a Setembro sendo Julho e Agosto os meses mais quentes.

Importante saber…

Aos Sábados existem dois tipos de mercados que não podem deixar de visitar: um onde os alemães aproveitam para vender tudo o que há em casa tornando este mercado numa verdadeira feira de velharias e de oportunidades, ou o mercado de frescos onde as famílias passeiam para comprar legumes e fruta da época aproveitando para beber café em conjunto.

Aos Domingos todo o comércio da cidade fecha o que é ótimo para visitar os museus. Vão encontrar as lojas de rua fechadas bem como alguns cafés. Vale a pena aproveitar um brunch e até temos uma sugestão… Vão ao Margarete!

Share the love:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *