Dreamsea Surf Camp – Bali

Apaixonámo-nos por este hotel mal o vimos nas fotos do booking. Foi amor à primeira vista. Padang Padang é a nossa praia de eleição em Bali e, poder dormir mesmo aos seus pés, fez com que a decisão se tornasse ainda mais fácil. O conforto é sempre um dos pontos chave para nós e, agora com o Guilherme, faz ainda mais sentido.

Chegámos ao hotel através de um motorista que contratamos através do booking. Pagámos cerca de 12€ por todos. O hotel tem um acesso difícil… o caminho é feito por muitas escadas, de várias alturas e feitios, o que acaba por dificultar ainda mais a vida de quem tem de descer e subi r com crianças e com toda a tralha inerente a elas.

Passada essa barreira, os quartos são exatamente aquilo que vimos nas fotos e, assim começou o namoro. À noite as ondas cantavam aos nossos ouvidos. O embalo era tão fácil que caíamos no sono num instante. O quarto tem casa de banho privada e ar condicionado. A vista da cama grande e espaçosa é exatamente a mesma de quando estamos deitados na areia, naqueles fins de tarde perfeitos na praia. Tranquilidade. Talvez seja a melhor palavra para descrever o que sentimos.

De manhã, o Filipe sentava-se na poltrona em frente às vidraças a observar as ondas. Muitas vezes nem me acordava. Saía, ia ao surf e voltava cheio de energia e de coração a transbordar de histórias.

Mas como nas relações nem tudo é perfeito, há coisas que são também importantes de referir. Por ser tudo em bamboo, o silêncio tem mesmo de ser respeitado à risca. Conseguíamos ouvir as chamadas para a mãe da nossa vizinha do lado que, por norma, tossia à noite quando o Guilherme falava connosco num tom alto, antes de adormecer. Achamos que queria sossego mas dois adultos com uma criança não são sinónimo disso…

O pequeno almoço era tomado com uma vista maravilhosa. A mesma que víamos da janela do quarto. Era composto por panquecas, ovos mexidos com bacon, fruta fresca e sumos de fruta. Tinham também tostas com abacate e outras iguarias que para nós apenas são válidas ao almoço (salmão fumado e afins).

O hotel tem um acesso direto à praia o que a torna aquela parte quase exclusiva para os hóspedes. Têm também a possibilidade de fazer aulas de Ioga e de surf.

Se, no dia do check-out quiserem ajuda para levar as malas para cima, preparem-se para pagar 50000IRD por duas malas e… nem mais uma!

Share the love:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *